Janeiro na Globo é tempo de novidades e de mudanças. Além do “Vídeo Show”, cujo fim foi decretado pela emissora, já para a próxima sexta-feira (11), o “Bom Dia Brasil” perderá espaço. O telejornal de Ana Paula Araújo e Chico Pinheiro, hoje iniciado às 7h30, passará a entrar às 8h, a partir de segunda-feira, dia 21.

Das 6h às 8h, a Globo irá dedicar espaço aos noticiários locais, como o “Bom Dia São Paulo”, de Rodrigo Bocardi, e o “Bom Dia Rio”, com Flávio Fachel. O “Bom Dia Brasil” ficará no ar das 8h às 9h, tomando dez minutos do “Mais Você”, de Ana Maria Braga. A parceira do Louro José, contudo, já foi compensada: em dezembro, Ana Maria tomou os mesmos dez minutos do “Bem Estar”, hoje em exibição das 10h20 às 10h50.

Com a redução do telejornal, a Globo amplia a participação de emissoras locais e afiliadas em sua grade. A diminuição do “Bom Dia Brasil”, porém, contrasta com os seus feitos na audiência. São recorrentes os dias em que o noticiário supera as atrações que o sucedem, como o “Mais Você”, o “Bem Estar” e o “Encontro”, com Fátima Bernardes.

O “Bom Dia Brasil” estreou em 3 de janeiro de 1983, então ancorado de Brasília por Carlos Monforte. O noticiário político dominava o telejornal, que chegou a apostar em entrevistas durante o café da manhã, com figuras notórias da capital federal. Antônio Augusto e Luís Carlos Braga também apresentaram o noticiário, antes da transferência do “Bom Dia” para o Rio de Janeiro, em 1996.

Neste ano, Renato Machado assumiu a bancada, ao lado de Leilane Neubarth. Havia espaço para a interação com colunistas – como Ricardo Boechat, hoje na Band – e apresentadores de jornais locais. Renata Vasconcellos substituiu Leilane em 2002; Chico Pinheiro ocupou a vaga de Renato em 2011. Já Ana Paula Araújo chegou ao “Bom Dia Brasil” em 2013.

Dony de Nuccio celebra estreia no “Jornal Nacional”

Recrutado pela Globo em agosto de 2017, para a bancada do “Jornal Hoje”, Dony de Nuccio chegou neste sábado (5) ao “posto máximo” dentro da “estrutura de jornalismo” da emissora: a bancada do “Jornal Nacional”. Ao lado de Ana Luiza Guimarães, Dony apresentou as principais notícias do dia, ocupando a cadeira que pertence a William Bonner – um dos ídolos dele – de segunda-feira a sexta-feira.

No Twitter, vários telespectadores elogiaram a estreia de Dony no “Jornal Nacional”. “Que orgulho ver o menino Dony no ‘Jornal Nacional’”, disse um internauta. “Eu acho o Dony muito #JN. Ele é sério, tem boa dicção, o acho seguro. Por mim, aposentava o Bonner”, decretou outro. “Evaristo levou nove anos de ‘JH’ para entrar no rodízio. Dony já tá indo antes de completar o segundo”, citou mais um, estabelecendo um paralelo com o antecessor de Nuccio no “Hoje”, Evaristo Costa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here