O Brasil pode ser campeão da Copa América neste domingo, 7, pela primeira vez na história sem sofrer gols. A seleção enfrenta o Peru. A partida marcada para o Maracanã acontece às 17 horas, pelo horário de Brasília.

A equipe comandada pelo técnico Tite já disputou cinco jogos na atual edição do torneio e ainda não foi vazado. Na estreia venceu a Bolívia por 3 a 0. Na segunda partida empatou sem gols com a Venezuela. No último jogo da fase de grupos goleou os peruanos por 5 a 0. Nas quartas de final empatou por 0 a 0 com o Paraguai e avançou nas penalidades. Na fase semifinal despachou a Argentina por 2 a 0.

O Brasil já conquistou a Copa América em oito oportunidades das 36 já disputadas. O time canarinho jamais levantou o troféu do torneio sem ser vazado ao longo da competição. Nas oito conquistas brasileiras ao longo das edições da Copa América, a melhor defesa canarinha aconteceu em 1989, quando, em sete jogos, sofreu apenas um gol, contra a Venezuela, na estreia. Coincidentemente, o torneio também foi disputado em casa.

O possível feito tem como base o ótimo momento defensivo. Os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos têm passado segurança na defesa brasileira. A fase do goleiro Alisson também contribui para não ser vazado. Nas laterais direita e esquerda, respectivamente, Daniel Alves e Filipe Luís – Alex Sandro, na semifinal – têm cumprido com êxito suas funções defensivas, dando sustento ao esquema sólido montado por Tite.

“Um dos detalhes para chegar na final e ser campeão é não tomar gols. Sabemos o quanto isso é importante durante um jogo de futebol, porque, assim, o time cresce e ganha confiança. Nossa equipe tem muita qualidade do meio para a frente. Então, se não sofremos gols, ficamos com grandes possibilidades de vencer”, disse Marquinhos.

“Acham que é só Alisson, a linha de quatro e o primeiro volante, mas o sistema defensivo começa lá na frente, com Firmino, Cebolinha, Jesus, Coutinho. Eles estão ajudando bastante. É uma característica do nosso time: sólido atrás e com muita velocidade na frente”, afirmou.

COMO CHEGAM

BRASIL

O Brasil chega à final depois de eliminar a rival Argentina por 2 a 0 no Mineirão. Alisson, que ficou de fora de alguns trabalhos por sentir dores na costela, deverá estar de volta ao gol brasileiro. A única dúvida para a partida contra o Peru é na lateral esquerda: Filipe Luís ainda sente dores e existe a possibilidade de Alex Sandro ser titular. Everton, que foi substituído no intervalo da semifinal, será titular, e William não será alternativa no banco por causa de lesão muscular.

PERU

A surpreendente classificação do Peru à final da Copa América, com uma vitória maiúscula sobre o Chile, dá moral à equipe de Ricardo Gareca, que entra na decisão como grande zebra. A maior preocupação dos peruanos é em relação à situação do meia-atacante Edison Flores, que deixou o jogo contra o Chile com dores no tornozelo direito, e ainda não sabe se terá condições de estar em campo no Maracanã.

Prováveis escalações

 

BRASIL

Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro (Filipe Luís); Casemiro; Arthur, Philippe Coutinho, Gabriel Jesus e Everton; Roberto Firmino.
Técnico: Tite

PERU

Gallese; Advíncula, Zambrano, Luis Abram e Trauco; Tapia, Yotún; Carrillo, Cueva e Edison Flores; Paolo Guerrero.
Técnico: Ricardo Gareca

Arbitragem

Roberto Tobar, auxiliado por Christian Schiemann e Cláudio Rios (trio chileno). VAR: Julio Bascuñan.

Final terá show de Anitta e presença de Bolsonaro

A final da Copa América neste domingo terá show da cantora Anita e a presença do presidente Jair Bolsonaro. A decisão entre Brasil e Peru acontece no Maracanã e está marcada para as 17 horas.

A cerimônia será realizada próxima do início do jogo. Vai começar às 16h35 e terá duração de 10 minutos, em conexão com a entrada dos jogadores em campo. O início da partida será às 17h. Serão quase 400 pessoas no palco, mas, ao todo, são 1.500 envolvidos no espetáculo.

A presença do presidente Bolsonaro no gramado do Maracanã é possível, pois há uma tradição da entrada de dignatários, para cumprimentar atletas e torcida. O presidente deve vir direto de Brasília, no domingo, para o estádio, na companhia de outras autoridades de governo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here