Nesta quarta-feira (09), o Centro Administrativo de Caicó sediou uma reunião para explanar a Rede Socioassistencial, com a presença de integrantes da SEMTHAS (Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social) e residentes da Escola Multicampi de Ciências Médicas da UFRN.

De acordo com Hanielle Veras (Coordenadora da Vigilância Socioassistencial no Município de Caicó), a reunião foi solicitada por Kleylenda Linhares, docente de Assistência Social e Tutora de Área da Residência Multiprofissional.

“Ela solicitou junto ao setor da Vigilância Socioassistencial um momento de socialização com a rede socioassistencial do município de Caicó junto aos residentes de Serviço Social da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM)”, disse Hanielle Veras. Segundo Hanielle, o papel da Vigilância Socioassistencial é pautado em dois eixos: eixo de risco e vulnerabilidade sociais e o eixo de oferta e demanda dos serviços que são ofertados no município.

Hanielle Veras (Coordenadora da Vigilância Socioassistencial no Município de Caicó)

Em entrevista à imprensa, a docente de Serviço Social e Tutora de Área da Residência Multiprofissional, Kleylenda Linhares, o evento reuniu as assistentes sociais que trabalham nos serviços dos equipamentos sociais da política de assistência social e que tem vinculação com a SEMTHAS especificamente.

Kleylenda destacou que a Residência tem um potencial muito forte no fortalecimento dos serviços de saúde e os residentes contribuem nesse processo de educação e de saúde, seja a educação permanente com os profissionais de saúde e de outras políticas, além do processo de educação e saúde com os usuários.

“A partir da Lei 8.080 do SUS, a compreensão sobre saúde foi ampliada e envolveu outras políticas sociais e a efetivação delas. A Residência vem nesse processo de fortalecer o SUS e também essa rede intersetorial”, concluiu Kleylenda.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here