Após um acompanhamento do crescimento da atividade turística que ocorreu nos últimos anos em Mossoró, será divulgado, dentro da programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ), em junho, o projeto “Calendário de Eventos de Mossoró – 2019 2020”. Este projeto tem como objetivo divulgar nacionalmente os eventos realizados em Mossoró.

O projeto foi idealizado pelo consultor de turismo e eventos Oberi Penha, que realizou a pesquisa em 2015, consultando todas as nove capitais do Nordeste e cidades do interior nordestino, com populações entre 300 mil e 500 mil habitantes. Entre as cidades interioranas consultadas estão Campina Grande (PB), Feira de Santana (BA), Caruaru (PE) e Petrolina (PE), por exemplo.

Por meio desta análise, o consultor de turismo identificou que Mossoró é a cidade que detém, comprovadamente, o mais diversificado e movimentado calendário de eventos do Nordeste. “A vocação que a segunda maior cidade do RN possui em realizar eventos é notória. Esta virtude mossoroense foi constatada após a pesquisa, cujo resultado comprovou a capacidade impressionante de Mossoró neste aspecto”, informou Oberi Penha.

O Calendário de Eventos de Mossoró constará de todas as informações dos principais eventos realizados na cidade, bem como uma descrição sobre quem está realizando o evento e onde ele vai ocorrer. O projeto foi elaborado com textos traduzidos para o inglês, acrescidos de informações geográficas, culturais, econômicas e sociais do município e dos pólos de Turismo Costa Branca e Serrano, cuja porta de entrada é Mossoró.

O projeto contará ainda com capítulos à parte sobre a integração de Mossoró à Rota das Falésias. O calendário será lançado durante as festividades do MCJ, aproveitando o grande fluxo de visitantes de outros Estados do Brasil e do exterior. Um vídeo documentário será agregado ao projeto, mostrando as potencialidades turísticas, cujo viés econômico, pretende atrair investidores e grandes marcas a patrocinar os eventos do fabuloso calendário de eventos de Mossoró.

Oberi Penha explica ainda que este crescimento na realização de eventos turísticos se deu devido ao desenvolvimento socioeconômico de Mossoró e da região Oeste do estado do Rio Grande do Norte. Durante a análise, o consultor percebeu ainda que a cada 14 dias um novo evento é promovido na segunda maior cidade do estado.

O projeto (impresso) terá validade para 2019/2020 e deverá contar com apoios do setor privado, além de instituições como a Câmara Setorial de Turismo da Acim, do Mossoró Convention & Visitors Bureau, CDL, Sebrae e de órgãos governamentais como a Prefeitura de Mossoró, o Governo do Estado e da Emprotur.

Os exemplares impressos do Calendário serão distribuídos gratuitamente em eventos realizados pelo setor privado, pelas secretarias de Turismo do Governo do Estado do RN, da Emprotur e da Prefeitura de Mossoró, Sebrae, Acim, CDL, Convention Bureau, bem como em feiras, congressos, encontros de negócios e turismo, e direcionado junto a operadoras e agências de viagens, aeroportos e companhias aéreas de Natal, Recife, Fortaleza e Aracati, além de distribuir na Rota das Falésias, roteiro turístico do Ceará ao qual Mossoró está integrado.

Eventos que ocorrem em Mossoró são de várias naturezas

Na pesquisa realizada pelo consultor de turismo e eventos Oberi Penha, que será lançada durante a realização do Mossoró Cidade Junina (MCJ), foi constatado que o calendário de eventos de Mossoró é bem diversificado. O calendário eclético tem atraído a atenção de todo tipo de público.

Os eventos são de naturezas distintas (esportivos, culturais, religiosos, negócios, populares, teatrais, científico, agrícolas, educacionais e musicais etc.) e comprovam a diversidade cultural do município. O projeto destaca ainda que muitos destes eventos já têm data fixa no calendário local.

“Projetos como a Festa de Santa Luzia, a Ficro, com 30 anos, outros na casa dos 20 anos, como Mossoró Cidade Junina, Expofruit e Festa do Bode, e com mais de 10 anos como a Feira do Livro e o Auto da Liberdade, movimentam a economia, geram emprego e renda, além de atrair visitantes para a cidade que acabam se utilizando de serviços oferecidos pelos setores de hotelaria, gastronomia e passeios. Novos eventos como o Fest Bossa & Jazz e Expo Noivas, por exemplo, aumentarão ainda mais este portfólio”, comenta o consultor de turismo. Por Jornal De Fato

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here