Um simples gesto de amor e de solidariedade, mas que pode salvar uma vida. É com essa ideia que a Federação Norte-rio-grandense de Futebol lançou nesta quinta-feira (17) o “Torcedômetro da Vida. Doe e marque um golaço!”, campanha social em parceria com o Hemonorte e a Arena das Dunas, para incentivar a doação de sangue entre as torcidas dos clubes do Rio Grande do Norte. Para isso, a ação vem reforçar que a rivalidade no futebol é somente dentro de campo e que fora dele todos lutam pela mesma causa: doar sangue e salvar vidas. No Hemonorte, o estoque de bolsas de sangue está longe da meta, que é de mil bolsas por mês.

Jogadores de ABC, América-RN e o mascote do Campeonato Potiguar, o Cajulino, estiveram no lançamento. Os 30 primeiros torcedores que doarem sangue até sexta-feira (18), ganharão um ingresso para o “Clássico Rei da Paz”, que acontece no próximo domingo (20), às 16h, no Frasqueirão. Além disso, também estarão concorrendo a participação de uma ação no intervalo do jogo, em campo, com o Cajulino.

Para a coordenadora do Serviço Social do Hemonorte, Miriam Mafra, “a importância dessa campanha é o fato de que a doação seja um sentimento de união entre as torcidas. O foco da doação é salvar vidas, mesmo diante das preferências de cores e times”, disse, lembrando que o estoque de sangue está baixo, em decorrência das férias e do período da alta estação, em que muitas pessoas estão fora de capital.

De acordo com José Vanildo da Silva, presidente da FNF, “a federação cria essa iniciativa buscando parceiros, como o Hemonorte, numa forma de salvar vidas. Falar de futebol é muito mais do que uma partida em campo, mas fomentar o alcance social para a solidariedade. Em razão da força que o futebol possui para a sociedade, gerando o bem-estar ao público, a Federação lança essa campanha para que o torcedor de cada clube do Rio Grande do Norte contribua com um gesto de amor e que vai salvar uma vida”.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, no Brasil, cerca de 1,6% da população doa sangue – 16 a cada mil habitantes. Embora o percentual fique dentro dos parâmetros da OMS – de pelo menos 1% da população – o Ministério da Saúde tem trabalhado para aumentar o número de doadores.

Torcedômetro da Vida. Doe e marque um golaço!

A campanha medirá a paixão da torcida pelo clube de coração através da doação de sangue. Ao final do Campeonato Potiguar 2019, o clube campeão em doações, segundo a medição do Torcedômetro, ganhará um troféu comemorativo e os torcedores do clube estarão concorrendo a 20 vagas para participar do 1º torneio “Torcedômetro da Vida”, na Arena das Dunas, em data a ser divulgada posteriormente. Além disso, os torcedores concorrerão a uma temporada de ingressos para o Campeonato Potiguar 2020.

O clube que atingir a segunda colocação em doações de sangue, também ganhará um troféu comemorativo e os torcedores concorrerão a 15 vagas no torneio e uma camisa oficial do clube, autografada pelo elenco. Já o clube que chegar à terceira colocação, também ganhará um troféu e os torcedores que doaram sangue concorrerão a cinco vagas no torneio e uma bola oficial do Campeonato Potiguar 2019. Outras quatro vagas para o torneio serão sorteadas entre os participantes da campanha.

Quanto mais as torcidas dos clubes potiguares abraçarem a causa da doação de sangue, mais chances os clubes terão de subir no ranking do “Torcedômetro da Vida. Doe e marque um golaço”.

Para realizar a doação de sangue, com a retirada máxima 450 ml, o torcedor precisa atender aos seguintes requisitos:

– Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);

– Pesar no mínimo 50 kg;

– Estar alimentado. Porém, evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação;

– Caso seja após o almoço, aguardar duas horas;

– Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas;

– Apresentar documento de identificação com fotografia, emitido por órgão oficial. (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista ou Carteira Profissional emitida por classe);

– A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

Os interessados em doar sangue devem comparecer ao Hemonorte, de segunda à sábado, das 7h às 18h, na Av. Alexandrino de Alencar,1800, Tirol (próximo ao parque das Dunas).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here