Dudu Azevedo se emociona em interpretar Jesus: ‘Estou transformado’

0
77

Assim como a história da humanidade é dividida entre antes e depois do nascimento de Cristo, o elenco e toda a equipe da Record prometem ficar marcados com um antes e depois da novela “Jesus”, que estreia nesta terça-feira, às 20h45. Dudu Azevedo, o protagonista, que nos diga:

— Se pontuou a história, como não pontuaria a minha vida? Nem nos meus mais ambiciosos sonhos profissionais me imaginei fazendo um personagem tão grandioso. Interpretar Jesus tem me transformado. Que transforme quem assistir — diz Dudu, com um brilho no olhar.

A grande importância da trama está nas chamadas da novela — “A maior luta do bem contra o mal” — e também no investimento da emissora, em parceria com a produtora Casablanca. São mais de 200 cenas gravadas num deserto no Marrocos. Se não bastasse, foram construídas quatro cidades cenográficas e 55 cenários para a produção (“Porque Jesus andava… E muito”, explicou, aos risos, Anderson Souza, diretor de teledramaturgia da Record, na apresentação da novela para os jornalistas, na última terça-feira). A clássica cena da crucificação de Jesus, por exemplo, já foi gravada.

— Foi uma sequência difícil. Tinha uma maquiagem pesada, que demorava cinco horas para ser feita, uma cruz de 70kg sendo carregada, numa sensação térmica de 53°C… Mas, ao fim de cada dia, eu olhava para o céu e agradecia. Fiquei feliz e emocionado, porque a profissão de ator, além de talento e vocação, envolve perseverança — reflete Dudu.

Na obra, também será contada a história daqueles que cercavam Jesus e a dos que foram curados por ele. Ao todo, são 106 atores no elenco.

— Jesus tem uma mensagem que continua atual até hoje. Serve para quem tem ou não uma religião. Ele fala de amor, de perdão e de tolerância. Coisas que o mundo está precisando — diz Paula Richard, a autora, que tem sentido um clima de tranquilidade e generosidade no ar proporcionado pelo texto da trama.

E até Satanás, vivido por Mayana Moura, é atingido por essa atmosfera.

— Está tudo suave na nave. Faço minhas orações todo dia e me sinto superprotegida. Sendo Satanás ou não — diz a atriz, que ficou careca para o papel, e, para manter, raspa o cabelo de dois em dois dias.

Extra Online

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here