Advogado trabalhista, empreendedor e presidente da Comissão de Startup, Inovação e empreendedorismo da OAB/RN, Cássio Leandro, foi um dos palestrantes durante importante evento de tecnologia do país

A Jerimun Vallery, comunidade de empreendedores, apresentou as startups inovadoras do Rio Grande do Norte durante a 12ª edição da Campus Party Brasil, realizada entre os dias 12 e 17 de fevereiro, no Expo Centro, em São Paulo. O grupo foi fundado em 2012, quando empresários potiguares perceberam que faltava aos empreendedores do Estado uma comunidade e uma plataforma em que pudessem trocar experiências e até mesmo atrair investidores.

Assim, com o objetivo de dar visibilidade à inovação que também é desenvolvida no RN, o Jerimum Valley iniciou com aproximadamente dez startups e hoje conta com mais de cem e cerca de 500 membros. Desses, 30 foram representar o grupo em São Paulo.

Dentre os empreendedores está o advogado trabalhista, empreendedor e Presidente da Comissão de Startup, Inovação e empreendedorismo da OAB/RN, Cássio Leandro, que também é diretor executivo da escola de programação e robótica potiguar, Roboeduc. Como palestrante Cássio Leandro abordou o tema “Como empreender na crise”, levando o exemplo de sucesso da empresa que comanda em solo potiguar.

Durante a crise econômica que o Brasil vive pós 2015, o empreendedor precisou criar formas de rentabilizar o negócio sem perder o foco da empresa. “A Roboeduc estava consolidada. Porém, com a crise, o setor educacional também foi atingido e isso afetou a empresa. Mas, com criatividade, desenvolvemos o Roboeduc Inbox e conseguimos, sem mudar a direção do que fazemos de melhor, mostrar nossa metodologia para todo Brasil”, explicou.

O produto criado na Roboeduc é o primeiro sistema de Educação a Distância (EaD) que trabalha a robótica educacional no país. Desenvolvido em Natal e com excelente aceitação de mercado, hoje, o Roboeduc Inbox já chegou em 14 estados brasileiros e o Distrito Federal (DF).

Além disso, Cássio Leandro também apresentou outras inovações, como Faceponto, uma Lawtech, ou seja, um empreendimento que envolve direito e tecnologia. O aplicativo foi desenvolvido em Natal e já é aplicado em diversos estados brasileiros.

“Dentro do Grupo Roboeduc criamos a Faceponto, uma LawTech que comercializa um aplicativo de gestão de jornadas de trabalho. Durante a Campus Party Brasil, mostramos como o desenvolvimento desse e de outros projetos obtiveram crescimento pelo país”, comentou Cássio Leandro.

Assessoria de Imprensa:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here