Encontrado corpo de sargento que estava desaparecido; suspeita é que ele tenha sido assassinado

502

Foi encontrado na manhã desta terça-feira (22), no município de Pedras de Fogo, o corpo do sargento da Polícia Militar, Lucimário Ferreira, conhecido como Lúcio, de 46 anos.

A Polícia Militar do Litoral Sul da Paraíba estava mobilizada desde o domingo (20) fazendo diligências para localizar o sargento que desapareceu após sair de casa em Alhandra para trabalhar em um evento particular na cidade de Pedras de Fogo.

De acordo com o delegado Francisco Basílio, o policial foi assassinado e o corpo foi encontrado por trás do posto fiscal nas proximidades da Giasa, estrada de Pedras de Fogo. Ele estava trajando as mesmas roupas que saiu no dia que desapareceu. “As primeiras informações que recebemos é de que o policial foi assassinado. A PM nos repassou. Nossa equipe está em deslocamento para o local”, disse.

O corpo ainda estava com capacete e jaqueta.

Lúcio é morador da cidade de Alhandra e pertence a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), porém presta serviço no pelotão de Pedras de Fogo.

Desaparecimento

De acordo com as primeiras informações, o militar saiu de moto da sua casa em Alhandra e foi até Caaporã, por volta das 16:30h,  informou que iria até Pedras de Fogo para trabalhar em um evento particular, mas ele não chegou ao local e também não voltou para residência.

A 1ª CIPM informou que o policial não estava de serviço e confirmou que há equipes tentando localizar o paradeiro do PM. O celular de Lúcio está desligado e ele não responde as mensagens através do aplicativo Whatsapp.

Redação com Portal do Litoral