O Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro parecia uma arquibancada do Maracanã. Muitos torcedores do Fluminense foram recepcionar o mais novo reforço do clube: Paulo Henrique Ganso. O craque desembarcou na noite deste domingo, por volta de 20h30.

O jogador saiu no saguão vestindo a camisa do FluSócio, sorridente e bem empolgado. Puxou um coro com a torcida e foi carregado pela massa tricolor até o carro que o levaria embora.

– Quero fazer bem meu trabalho para alegrar essa torcida toda. Essa recepção maravilhosa, só tenho que entrar em campo e fazer o melhor para dar alegrias – disse o jogador no desembarque, em declarações ao “Globoesporte.com”.

Sobre quando poderá estrear oficialmente, o craque disse que depende do treinador. Ele será apresentado oficialmente pelo time na próxima terça-feira, no auditório do Maracanã.

– Estava treinando há muito tempo, agora só depende do Fernando Diniz 0150 disse.

Na sua primeira entrevista como jogador do Tricolor das Laranjeiras foi feita à “Flu TV”, o meia falou da expectativa de treinar e estrear pelo novo clube, do trabalho que irá fazer com o técnico Fernando Diniz e até confidenciou que quase veio jogar no time em 20132, quando Abel Braga era então treinador.

– Em 2012, houve o interesse (do Fluminense). Mas uma pena que não deu certo antes. A vida seguiu e hoje estou podendo realizar o sonho de muita gente e ficando muito feliz. Estou muito motivado e contente – afirmou o jogador, que escolheu um sentimento para definir o seu momento:

– Motivação. Essa é a palavra certa, para treinar, jogar, sempre dedicado em tudo que eu possa ajudar o clube, os garotos, é o que a gente precisa, estar sempre motivado.

Ganso foi anunciado pelo Fluminense na última quinta-feira, após acertar uma vínculo de cinco anos com o Tricolor carioca. O meia, de 29 anos, rescindiu o contrato com o Sevilla (ESP), após ser emprestado pelo clube ao Amiens, da França, desde agosto do ano passado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here