Governo do RN adia concurso da PM e suspende da Polícia Civil

23
Governo do RN suspende concursos para PM e Polícia Civil (Foto: Polícia Militar do RN)

O concurso para a Polícia Militar foi adiado e o para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte foi suspenso. De acordo com a Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos do Estado (Searh), o concurso da Polícia Civil não vai acontecer por falta de previsão orçamentária e o da PM não tem data para acontecer porque o processo está aguardando definição por parte do governo.

A Searh diz que não há como criar novas vagas para o quadro Estado diante das dificuldades orçamentárias vividas atualmente pelo Governo.

Desde o ano passado, o Poder Executivo do RN tem tido dificuldades para pagar a folha de pessoas, o que tem gerado protestos entre diferentes categorias de servidores.

Com relação ao concurso para a área da Saúde, que teve edital lançado na semana passada, não há alteração. Ainda segundo a Searh, o certame servirá para substituir por servidores os cargos que atualmente são ocupados por profissionais de cooperativas, terceirizados. De acordo com a Secretaria, em alguns casos a substituição gera economia ao Estado.

Concurso PM e Civil

O governo do Rio Grande do Norte publicou na edição do dia 5 de dezembro de 2017 do Diário Oficial do Estado um Termo de Dispensa de Licitação referente ao concurso público que seria realizado ainda este ano para praças da Polícia Militar. Hoje, segundo a própria PM, existe um deficit de 5.792 policiais militares no estado. A expectativa era de que o concurso preenchesse mil vagas.

Em março do ano passado, o Governo anunciou concurso para preenchimento de 142 vagas na Polícia Civil, sendo 25 vagas para delegado, 106 vagas para agente e 11 vagas para escrivão de polícia.