Idosos dão a ‘receita’ do que realmente importa no relacionamento: “tolerância e dançar muito forró”

Quem passava pela Palhoça da Brahma no Parque do Povo, na noite dessa sexta-feira (21), parava para ver um casal de idosos. Os aposentados Wilson Souza e Cornélia Cunha, que têm 86 e 83 anos respectivamente, chamavam atenção por dançar um forró bem agarradinho.

A dupla é de Campina Grande e não parou um minuto de curtir o arrasta-pé. “A receita da vitalidade e de manter a chama do amor acessa é dançar muito forró. Ele cura”, ensinou Wilson Souza.

Os dois estão casados há 66 anos e aproveitaram a festa para celebrar a união mais uma vez. “Viemos desde o primeiro ano. Já é tradição no nosso relacionamento aproveitar o São João no Parque do Povo”, contou Cornélia Cunha.

O amor dos dois estava nítido. “Ela é minha vida”, dizia Souza. Aos casais mais jovens, eles deram a dica do que realmente importa em uma relação. “Além de não parar de dançar agarradinho, tem que ter muita tolerância. Que tudo dá certo”, sentenciaram.

Estreante no São João de Campina Grande, a Brahma, cerveja oficial da festa, tem apoiado e valorizado quem realmente importa neste São João: histórias de campinenses e turistas que brindam a vida com alegria e vigor, fazendo do São João essa festa tão importante para os nordestinos.

LK COMUNICAÇÃO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here