O Vasco está muito perto de recuperar uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro. Apesar de um final de ano conturbado, que tirou o título da segunda divisão dos cariocas, um resultado positivo contra o Criciúma colocará o clube de volta na elite do futebol nacional.

Se vencer a partida em Santa Catarina, neste sábado, às 16h30, o retorno estará garantido. Caso empate, terá de esperar que o Náutico não passe pelo já rebaixado Tupi.

Mas, diferentemente do que aconteceu nas duas outras vezes em que o Vasco se livrou da Série B, a torcida carioca deve ver de longe a conquista da vaga.

O duelo decisivo, no estádio Heriberto Hülse, será a despedida do Criciúma de sua casa em 2016. Com os catarinenses apenas cumprindo tabela, a expectativa é de público pequeno. Além disso, os ingressos custarão R$ 100, tanto para mandantes quanto para visitantes. Valor muito superior à média dos preços no ano: R$ 11 reais.

Mesmo com valores menores, a torcida local pouco marcou presença na temporada. A média é de somente 3.725 pagantes, que ocupam 18% do estádio (na Série B, 4.022 para 20%).

PASSADO DE MARACANÃ CHEIO NA SÉRIE B 

O Vasco venceu a segunda divisão em 2009 e foi terceiro em 2014. Em ambas as vezes, garantiu o acesso jogando no Maracanã.

Na primeira, em novembro de 2009, 82 mil torcedores presenciaram a vitória por 2 a 1 sobre o Juventude ainda na 34ª rodada da competição. Naquele ano, os vascaínos ainda comemorariam o título da Série B.

Já em 2014, a situação era mais complicada. Assim como pode acontecer neste sábado, a vaga só foi confirmada na penúltima rodada. Um empate por 1 a 1 com o Icasa foi suficiente, mas boa parte dos 56 mil fãs que estavam no Maracanã não gostaram do resultado. O time deixou o gramado sob gritos de “sem vergonha”. Ao final das 38 rodadas, o Vasco foi 3º, com dois pontos de vantagem para o América-MG, primeiro fora da zona de classificação.

ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui