Aline Dias, primeira protagonista negra de “Malhação”, na fase “Pro Dia Nascer Feliz”, concedeu entrevista ao portal “UOL” para falar da experiência.

“É sempre importante falar sobre a questão do racismo porque ainda existe. A gente vai além de um tom de pele, o talento ultrapassa isso. As pessoas têm que ter respeito pelo que a gente é, e não pela nossa cor. Levanto a bandeira do respeito sempre, independente de ser negro ou não. Muitas das vezes, ele é muito mais atingido, isso é uma outra questão. Fico feliz porque em vários lugares a gente tem conquistado espaço”, disse ela.

A atriz afirmou que, até o momento, não foi alvo de ataques de haters nas redes sociais: “Crítica a gente sempre vai ter e tem que pegá-la e transformar numa coisa boa. Até então não tive nenhum ataque racista ou comentário maldoso. Espero que não tenha porque todos somos iguais. Isso mostra que a gente está evoluindo, conquistando mais espaço”.

Aline destacou que julga fundamental que, assim como muitos artistas fizeram, casos de racismo sejam denunciados. “A gente está em pleno século 21 e isso não é normal de acontecer. A gente tem que entrar e sair de um lugar, sendo sempre bem respeitada, independente do tom de pele, da raça. Isso é pra ser denunciado sim, é triste de ver”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui