Fernanda Montenegro, 87, revelou estar decepcionada com a política brasileira e as mudanças no cenário nacional. Em entrevista à revista “Veja”, a atriz contou que se surpreendeu com os políticos do Partido dos Trabalhadores (PT)

“Esses corruptos invadiram Brasília feito ETs e dominaram o país. Sempre votei no Lula, mas minha decepção começou há tempos, em 2012, quando ele visitou Paulo Maluf para pedir apoio à candidatura de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo, bem antes da Lava-Jato. Ali, a máscara caiu, e ele virou um anti-herói”, afirmou a veterana.

Montenegro, que recentemente mandou um “Fora, Temer!” no Festival de Teatro de Curitiba, falou ainda sobre a hipótese de Lula ser preso. “O momento é tão surpreendente que não sabemos o que vai acontecer amanhã. Brasília continua como se nada estivesse acontecendo. A equipe do Temer está toda envolvida com corrupção. Mas, quando gritam ‘Fora, Temer’, não temos quem colocar no lugar. A Lava-Jato nos mostrou que todas as tendências partidárias e correntes ideológicas estão unidas no crime. A propina conseguiu algo incrível: unir esquerda e direita”, disse.

No raro desabafo, a atriz da Globo confidenciou que não vê esperança no atual governo: “E o pior é que nem começamos a passar as coisas a limpo. Ainda estamos na fase de pôr as cartas na mesa. Muitas descobertas virão à tona. Vivemos uma tragédia”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui