Ausente do vídeo desde o término de “Nada Será Como Antes” e desfrutando de um período sabático que a levou a recusar convites para “Tempo de Amar” (às 18h) e “O Outro Lado do Paraíso” (às 21h),Bruna Marquezine já tem data para voltar ao ar. A atriz está escalada para “Deus Salve o Rei”, novela das 19h que a Globo estreia em janeiro de 2018, na sequência de “Pega Ladrão”, substituta de “Rock Story”.

Segundo o jornalista Daniel Castro, caberá à Marquezine uma princesa má, principal oponente da mocinha (e plebeia) Ágatha Moreira. Marco Nanini, após o êxito em “Eta Mundo Bom” (2016), agora viverá um rei de bom coração, pai da “princesa” Bruna. “Deus Salve o Rei”, folhetim que marca a estreia de Daniel Adjafre como autor-titular, se desenvolve em dois reinos vizinhos que entram em guerra.

Na corte que se opõe à de Nanini e Bruna estará a família real comandada por Rosamaria Murtinho, uma rainha má, e seus filhos, papeis de Renato Góes (no ar em “Os Dias Eram Assim”) e Johnny Massaro. Tatá Werneck viverá uma princesa de outro reino que desembarca nas terras da “rainha” Rosamaria para casar-se com um de seus filhos – a atriz já namorou com Renato na “vida real”.

Tais personagens remetem ao universo de “Que Rei Sou Eu?”, primeira e única trama “medieval” do horário. Na produção de 1989, Tereza Rachel vivia a rainha maléfica Valentine; Betty Gofman era Amélia, princesa austríaca escolhida para desposar Pichot (Tato Gabus), falso enteado de Valentine. Ainda sobre “Deus Salve o Rei”: Claudia Raia e Caio Blat completam elenco escalado até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui