A partir de maio, mês de seu aniversário, o Viva passa a apostar no seu principal carro-chefe, as novelas, também aos domingos. Calma, não se trata de sete capítulos semanais para os três folhetins em exibição no canal. É que “Tieta”, uma das tramas mais pedidas pelos telespectadores do Viva, terá direito a uma maratona aos domingos, a partir do dia 7, às 19h.

O folhetim de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares, baseado na obra de Jorge Amado, estreia no próximo dia 1º, às 15h30, substituindo a bem-sucedida “A Gata Comeu” – cujo último capítulo vai ao ar na próxima quinta-feira (27). Além da reexibição nas madrugadas, por volta de 0h30, “Tieta” será reapresentada no primeiro dia da semana, um capítulo na sequência do outro.

Esta faixa, atualmente, é ocupada pelos especiais de Roberto Carlos e por reprises de humorísticos exibidos ao longo da semana, como “Toma Lá, Dá Cá”. No mesmo domingo em que “Tieta” estreia sua maratona, o Viva leva ao ar o primeiro episódio de “Donos da História”, série de depoimentos de autores, que terá Aguinaldo Silva, Gilberto Braga, João Emanuel Carneiro e Silvio de Abreu, dentre outros.

Na segunda-feira seguinte, 8, o canal passa a reapresentar “Por Amor”, exibida em 2010 às 16h30, agora no ar às 23h30, substituindo “Pai Herói”. Em junho, dia 5, estreia “Fera Radical”, outra das novelas mais pedidas pelo publicado do Viva. Escrita por Walther Negrão e estrelada por Malu Mader, o folhetim ocupa a vaga de “Torre de Babel”, às 14h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui