As chuvas que atingem a Grande Natal desde a madrugada desta quinta-feira (9) causaram alagamentos e abriram crateras em vários pontos da cidade. Na manhã de quinta a Defesa Civil emitiu um alerta de chuvas intensas com alerta de alagamentos para os municípios da região metropolitana da capital potiguar. O trânsito sofreu alterações em vários pontos de Natal segundo a STTU.

Em uma rua do bairro Nova Natal, na Zona Norte da cidade, dois buracos se abriram e um carro chegou a ser engolido. No viaduto do Baldo, que fica no limite entre os bairros do Alecrim e Cidade Alta, na Zona Leste de Natal, alguns carros ficaram presos no alagamento.

Próximo ao viaduto, parte do muro da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) caiu. Postes também caíram e a fiação elétrica ficou comprometida. O trânsito está interrompido no local e motoristas que passariam pelo local precisam procurar rotas alternativas.

Ruas do bairro Cidade da Esperança, na Zona Oeste de Natal, também ficaram alagadas. A avenida Rio Grande do Norte, que fica próxima a uma lagoa de captação, foi tomada pela água da chuva. Moradores retiravam água das casas na manhã desta quinta.

Na manhã desta quinta uma cratera voltou a se abrir na esquina das ruas Euclides da Cunha e Dr. Júlio de Castilho em Pitimbu, Zona Sul de Natal. Na quarta-feirta (8), o buraco se abriu e assustou alguns moradores que foram orientados pela Defesa Civil a deixar os imóveis.

O buraco tinha sido fechado nesta quarta pela Secretaria Municipal de Obras e Viação (Semov) da Prefeitura de Natal. Em entrevista, um secretário adjunto de obras da Semov definiu o caso como “fatalidade” e prometeu uma solução definitiva em duas semanas.

Em Parnamirim, na Grande Natal, o portão do cemitério público São Sebastião, que fica na avenida Presidente Getúlio Vargas, foi empenado pelas ondas formadas por carros que passavam na rua. O interior do local ficou alagado.

Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), o trânsito teve alteração em vários pontos da cidade. No cruzamento das avenidas Romualdo Galvão e Bernardo Vieira, na Zona Sul de Natal, há um ponto de alagamento transitável.

Na avenida Salgado Filho, na altura do IAP Cursos, há um alagamento transitável com lentidão no trânsito no sentido centro. Já no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Nascimento de Castro, em Lagoa Nova, zona Sul da capital potiguar, há um alagamento que deixa o local intransitável. Motoristas que precisam passar pelos locais devem procurar vias alternativas.

De acordo com a Secretaria, no encontro das avenidas Hermes da Fonseca e Alexandrino de Alencar, Zona Sul da capital potiguar, o fluxo está interrompido no sentido centro. No bairro Tirol, também na Zona Sul, há um ponto de alagamento intransitável na esquina da avenida Afonso Pena e da rua Mossoró.

A STTU também informou que o trânsito está lento na região da Ponte de Igapó, que liga as Zonas Leste e Norte da cidade. A recomendação é que motoristas utilizem a Ponte Newton Navarro para o acesso às Zonas Leste e Sul de Natal.

Por volta das 8h, o semáforo do cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira não funcionava. A situação se repetiu nos cruzamentos da rua Apodi com a avenida Prudente de Morais e também com a rua Campos Sales, no Tirol. Agentes da STTU organizavam o trânsito nos locais.

Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas, com perigo potencial, em 128 municípios do Rio Grande do Norte. O alerta é válido das 10h30 desta quarta-feira (8) até as 9h30 da quinta-feira (9).

Segundo o Inmet, as chuvas terão entre 20 e 30 mm por hora ou até até 50 mm por dia. Além disso, os ventos serão intensos, atingindo de 40 a 60 quilômetros por hora. Na ocasião, o Instituto alertou que havia baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos ou descargas elétricas. G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui