Claudia Rodrigues passou por momentos difíceis durante o tratamento contra a esclerose múltipla. Agora, a atriz começa a respirar aliviada com a “quase” cura e a volta ao trabalho.

Em entrevista à revista “Contigo”, Claudia revelou que se sente ótima e que o transplante de células-tronco a salvou. “Não senti medo de morrer, pois tinha o desejo de viver para continuar trabalhando e educar uma criança. Tive meus momentos de tristeza, principalmente quando fui demitida, mas nada absurdo. Entreguei o meu futuro nas mãos de Deus e falei: ‘Se Você quiser me levar, me leva agora. Se não, me deixa quieta aqui, por favor, que eu vou ficar melhor do que eu era”, contou.

Rodrigues também disse que voltará aos trabalhos em julho. “Era para eu começar a trabalhar mesmo em agosto, mas escolhemos julho para o start de tudo. Vamos começar a turnê da minha peça, ‘E Aí, Claudinha?’, além de lançar o meu canal no YouTube, no qual vou postar vários vídeos engraçados. A minha empresária está escrevendo minha biografia e nós fomos convidadas a lançar tudo em Nova York para a comunidade brasileira. Retornarei com tudo”, falou.

Conhecida pelos papéis de Marinete, em “A Diarista”, e Ofélia, do “Zorra Total”, ambos na Globo, Claudia Rodrigues revelou que está solteira. “Não sinto falta de um companheiro. Estou focada nos meus trabalhos, na cura, no meu bem-estar e correr atrás de alguém está fora de cogitação. Se aparecer um homem bacana, seria legal, mas, definitivamente, não estou procurando ninguém”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui