O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (Concurso TRE-PE 2016) deverá fazer um bom número de contratações na seleção aberta para as carreiras de técnico e analista judiciário. Após sanção da Lei 13.150, o órgão poderá contratar novos servidores para a carreira. Por esse e por outros motivos, você que deseja uma oportunidade no TRE-PE não deve desanimar, persistindo nos estudos e obtendo a aprovação

Revendo o número de convocações do último concurso aberto pelo TRE-PE, fica evidente a grande necessidade de servidores e o número de chamadas excedentes. Aberto em 2011, o último concurso nomeou dez vezes mais que o número inicial de vagas para a carreira de Técnico Judiciário, e onze vezes a mais para a de Analista, número que representa de 50% a 100% o número de aprovados. Oferecendo 34 vagas em edital, o concurso de 2011 culminou com a convocação de mais de 324 aprovados, sendo a grande parte, 229, para o posto de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, que exige apenas o nível médio completo.

Uma prova de que haverá nomeações além das vagas pode ser conferida no edital. Para se ter uma ideia, o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa contará com 300 candidatos classificados, que ficarão à disposição e poderão ser convocados durante o prazo de validade da seleção. O mesmo número será reservado para o cargo de Analista – Área  Judiciária e 200 para a área administrativa. Um bom sinal de que muitas nomeações serão realizadas pelo TRE-PE.

O concurso TRE-PE 2016 oferece oportunidades para os postos de Analista Judiciário – Área: Administrativa (1 vaga), Analista Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Contabilidade (CR), Analistas Judiciários – Área: Apoio Especializado – Especialidades: Análise de Sistemas (CR), Medicina – Medicina do Trabalho (CR), Analista Judiciário – Área: Judiciária (2 vagas), e Técnico Judiciário – Área: Administrativa (1 vaga).

Além da oferta de nomeações acima da média, quem ingressar no próximo concurso do TRE-PE terá motivos para comemorar e ainda mais para estudar. É que os novos servidores ingressarão no órgão já com um reajuste salarial. O aumento é escalonado em oito parcelas, sendo a primeira retroativa a 1º de janeiro e a última em 1º de julho de 2019. Com isso o técnico que hoje tem um inicial de R$ 5.365,92 passará a R$ 7.591,37 após o fim das parcelas. Já o analista passará de R$ 8.803,97 a R$ 12.455,30. Para o ano quem vem, quando devem iniciar os concursados, os valores estarão em R$ 6.160,75 para técnicos e R$ 10.108 para analistas.

Inscrições abertas

Os interessados poderão se inscrever até às 18h do dia 20 de outubro de 2016. Para tanto, deverão acessar o site do organizador, o Cebraspe (Cespe/UnB), e preencher o formulário. Para efetivar a inscrição, o candidato deverá efetuar a quitação da taxa, de R$ 60 (técnico) e R$ 75 (analista), por intermédio de Guia de Recolhimento da União (GRU), exclusivamente no Banco do Brasil.  O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 29 de novembro de 2016.

A novidade para este concurso está nas provas objetivas, que não seguirão o padrão Cespe, sendo composta por 60 questões de múltipla escolha, com cinco opções (A, B ,C ,D, E) para todos os cargos. Haverá ainda aplicação de prova discursiva para as áreas de  analista.  As provas de técnico judiciário – área administrativa será composta pelas disciplinas de língua portuguesa, noções de informática, normas aplicáveis ao servidores públicos federais, noções de sustentabilidade, noções sobre direitos da pessoa com deficiência, além de direito administrativo, direito constitucional, direito eleitoral e administração pública.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 19 de março de 2017, no turno da manhã, e à tarde para nível médio, com duração de 4 horas.

O Concurso Público terá validade de 2 (dois) anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui