Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (Concurso TRE RN) anunciou que  não realizará concurso público em 2017 para as carreiras de técnico e analista judiciário. Segundo comunicado divulgado no site do órgão, o motivo é o contingenciamento de despesas, definido pelo governo federal.

O concurso TRE RN tinha previsão orçamentária, porém foi necessário o contingenciamento do valor, o que inviabiliza a realização do certame este ano. Agora, os candidatos podem se preparar para um novo certame em 2018, com oferta para nível médio e superior.

O órgão estimava que 12.400 candidatos se inscrevem-se para funções de Analista. Para Técnico, de nível médio, a estimativa era de 18.400 candidatos pagantes inscritos. As taxas de inscrição seriam de R$ 110 ou R$ 90. A previsão total de de arrecadação é de R$ 3.020.000,00.

Concurso TRE RN já contava com autorização

O concurso TRE RN chegou a ser autorizado em 2015 – veja aqui -, por por meio de resolução 12/2015, divulgada no dia 20 de maio. Porém por questões orçamentários, o órgão resolveu revogar a autorização. De acordo com a publicação oficial, a decisão segue critérios de ordem orçamentária e administrativa.

A seleção, agora, deverá ocorrer em 2017. A expectativa é de que uma nova autorização possa ser divulgada nos próximos meses.

O principal motivo pela realização do novo certame seria o término da validade do anterior, realizado em 2010, que expirou em julho do ano passado. Na ocasião, a oferta foi de duas vagas, sendo uma de técnico e uma de analista, além de formar cadastro reserva de pessoal.

Último concurso TRE RN

A vaga imediata de técnico foi para a área administrativa, com formação de cadastro para as áreas de apoio especializado – especialidade programação de sistemas, enfermagem e higiene dental.

No caso de analistas, a oferta imediata também foi para a área administrativa, com cadastro para as áreas judiciária, administrativa – especialidade contabilidade, especialidade análise de sistemas, especialidade engenharia civil, especialidade medicina, especialidade odontologia e especialidade biblioteconomia.

A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas.

As provas objetivas foram compostas de 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais, com peso um, e 40 de conhecimentos específicos, com peso três. Para analistas nas áreas judiciária e administrativa, bem como para técnico, na área administrativa, também foi aplicada uma redação, com peso dois.

No total, mais de 70 aprovados foram nomeados.

Cargos confirmados no concurso TRE RN 2017

  • Analista Judiciário – Área Judiciária

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

  • Analista Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, exceto licenciatura curta, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades de nível superior relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Áreas especializadas, como a de Análise de Sistemas e outras, poderão ser contempladas no certame.

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Remunerações do concurso TRE RN

O sonho de servir à sociedade em um órgão famoso por oferecer boas remunerações não é o único combustível que deverá atrair milhares candidatos.

A estabilidade no emprego, por conta da contratação pelo regime estatutário, é outro atrativo dos cargos do concurso TRE RN.

Os iniciais das carreiras podem alcançar a casa do R$ 12 mil para analistas e quase R$ 8 para técnicos.

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, onde são reajustados tanto o salário-base quanto GAJ.

No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui