O fim de semana de 23 e 24 de novembro pode ser o mais feliz da história para os torcedores do Flamengo. Líder do Campeonato Brasileiro e finalista da Libertadores, o Rubro-Negro pode conquistar as duas competições com um intervalo de apenas um dia. Para isso, a equipe do técnico Jorge Jesus precisa, além de vencer o River Plate na decisão do torneio sul-americano, abrir uma vantagem de pelo menos 12 pontos em relação ao segundo colocado, posto hoje ocupado pelo Palmeiras, ao fim da 34ª rodada do Brasileiro. Hoje, a vantagem do Fla já é de 10 pontos.

Até a decisão da Libertadores, o Flamengo disputará mais 7 jogos no Brasileiro, contra CSA (27/10), Goiás (31/10), Corinthians (03/11), Botafogo (07/11), Bahia (10/11), Grêmio (17/11) e Vasco, que será antecipado de 24 para 13 de novembro. Caso vença esses sete jogos, o Flamengo chegará aos 85 pontos ao fim da 34ª rodada, e precisaria torcer apenas por um empate do Palmeiras nesse período.

Se o tropeço do Alviverde acontecer antes da final entre Flamengo e River, o Rubro-Negro já chegaria à final da Libertadores como campeão, uma vez que o Rubro-Negro terá sua partida contra o Vasco antecipada e Palmeiras chegaria no máximo aos 73 pontos ao fim da 34ª rodada. Neste cenário, o títiulo rubro-negro viria no dia 17, em caso de uma vitória sobre o Grêmio em Porto Alegre.

Por outro lado, para que os títulos de Libertadores e Brasileiros sejam comemorados com o intervalo de apenas um dia, o tropeço do Palmeiras teria que acontecer contra o Grêmio, que luta para terminar o Brasileiro no G4. As duas equipes se enfrentam no dia 24 de novembro, dia seguinte à final entre Flamengo e River.

Com uma vantagem mínima de 12 pontos ao fim da 34ª rodada, o Flamengo seria campeão com quatro rodada das de antecedência ainda que o Palmeiras vencesse seus quatro últimos jogos e o Rubro-Negro perdesse todos os confrontos da reta final do Brasileiro, as equipes terminariam empatadas com 85 pontos, mas o Flamengo seria campeão pelo maior número de vitórias, primeiro critério de desempate do Brasileiro.

Hoje, o Flamengo tem 20 vitórias, contra apenas 15 do Palmeiras, e essa vantagem seria ampliada para seis caso o Rubro-Negro vencesse seus sete jogos e a equipe paulista conquistasse seis vitórias e um empate até a 34ª rodada.

Naturalmente, o título do Flamengo também pode vir diante de diversas outras combinações de resultados, desde que a vantagem de 12 pontos se confirme no dia seguinte à final da Libertadores.

Até hoje, o melhor fim de ano do Flamengo continua sendo o de 1981. Na ocasião, o Flamengo três títulos num intervalo de 21 dias. À época, o Rubro-Negro conquistou a Libertadores no dia 23 de novembro, sobre o Cobreloa, o carioca em 6 de dezembro, em cima do Vasco, e o Mundial 13 de dezembro, com um show diante do Liverpool. Neste ano, o Rubro-Negro busca um feito ainda maior. Caso conquiste o Brasileiro e a Libertadores, o Fla disputa em dezembro o Mundial de Clubes da Fifa, no Qatar, e o Liverpool, atual campeão europeu, está no torneio. Jornal Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui