O trabalho das exímias e talentosas doceiras do Seridó foi inventariado e agora está disponível em plataforma digital: é o Museu Virtual “Doces do Seridó”. O acervo de imagens, vídeos, ensaios fotográficos, áudios e textos expressa a diversidade e variedade de modos de fazer doce, de formas de comensalidade e de distribuição, de receitas de doces, de ingredientes e de utensílios, além dos depoimentos de doceiros.

O projeto será lançado no Seridó durante a programação do Fórum de Turismo de Caicó, na próxima sexta-feira (29), no auditório da Casa do Empresário. O Museu Virtual é fruto do projeto de pesquisa “Doçaria seridoense: um patrimônio cultural alimentar”, financiado pelo CNPq, FAPERN e IFRN, e desenvolvido por pesquisadores, bolsistas e estagiários do grupo de pesquisa Cultura, Arte e Sociedade. O trabalho foi coordenado pela seridoense Maria Isabel Dantas, professora no IFRN, doutora em Ciências Sociais.

As inscrições para o Fórum de Turismo de Caicó estão abertas nos escritórios do Sebrae de Caicó e Currais Novos ou pelo Call Center 0800 570 0800. O certificado será emitido pela UFRN com carga-horária de 20 horas. O evento é uma promoção do Município de Caicó com apoio do SEBRAE, UFRN-CERES, Geoparque Seridó, Sistema Fecomércio RN e entidades empresariais de Caicó.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui