Não passou de balela o suposto interesse da Globo no passe de Rodrigo Faro, em fase de renovação de contrato com a Record. Segundo o jornalista Daniel Castro, a emissora carioca não procurou, nem pediu a ninguém que procurasse, o apresentador, supostamente cotado para assumir a vaga de Fausto Silva em 2022.

O próprio Rodrigo nega qualquer contato de sua antiga casa; seu irmão e empresário Danilo ainda assegura que o boato não provém de Faro, que tudo não passa de especulação natural de mercado e que, no momento, a corrente mais forte é aquela que o leva a permanecer na Record, à frente do “Hora do Faro”.

Mesmo com contrato expirando só em junho de 2018, o apresentador já abriu negociações com o canal. Rodrigo Faro é peça-chave da programação dominical, não só pelo desempenho em audiência – constantemente à frente de Eliana, do SBT –, como pela generosa entrega ao departamento comercial.

Especula-se que os ganhos de Faro estejam próximos aos R$ 2,3 milhões por mês. Cria da Globo, onde participou de novelas como “O Cravo e a Rosa” (2000) e “O Profeta” (2006), o apresentador deixou a teledramaturgia de lado para comandar programas de auditório na concorrente em 2008. Com a saída de Márcio Garcia do canal, assumiu “O Melhor do Brasil”, embrião para o vitorioso “Hora do Faro”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui