O Corinthians vai buscar um inédito tetracampeonato do Campeonato Paulista frente ao Palmeiras a partir da próxima quarta-feira (05). Já os palmeirenses irão lutar para dar fim a um jejum de 12 anos sem títulos estaduais. Os dois finalistas do torneio definidos neste domingo (2).

As duas partidas que vão consagrar o campeão da temporada serão disputadas na quarta-feira (05) e no sábado (08). Nas semifinais, enquanto o time alvinegro passou pelo Mirassol, com vitória por 1 a 0, em Itaquera, a equipe alviverde bateu a Ponte Preta, por 1 a 0 , também em sua casa.

O último encontro das duas equipes em uma final do Paulista foi em 2018 e deu título ao Corinthians, em um clássico que causou polêmica, em razão da arbitragem. E quis o destino que o treinador palmeirense nesta temporada fosse justamente quem comandou a equipe no último título estadual, em 2008: Vanderlei Luxemburgo.

Para manter as coincidências e animar os torcedores que gostam de superstição, o adversário da semifinal foi o mesmo que o Palmeiras enfrentou na final em 2008. A Ponte Preta lutou e ‘vendeu caro’ a derrota, mas novamente não conseguiu superar o rival alviverde.

Em um Allianz Parque vazio, mas com muitas bandeiras nas arquibancadas e gritos de torcidas nas caixas de som, o Palmeiras foi melhor durante toda a partida e mereceu a vitória, sem contestação. Em um elenco cheio de grandes nomes e jogadores que seriam titulares na maioria dos clubes brasileiros, quem fez a diferença foi Patrick de Paula, garoto de apenas 20 anos, que começou 2019 na base alviverde, mas conseguiu conquistar seu espaço e caiu nas graças de Luxemburgo. Ele foi o autor do gol da vitória palmeirense contra a Ponte Preta.

Por sua vez, o Corinthians confirma uma grande reação após a parada forçada pela pandemia do coronavírus. Desde a retomada, o time do técnico Tiago Nunes venceu as quatro partidas disputadas sem nenhum gol sofrido.

O gol da vitória sobre o Mirassol saiu aos 26 minutos do segundo tempo. O meia Éderson comprovou a boa fase e acertou um chute longo para abrir o placar, anotando o terceiro gol dele em três partidas consecutivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui