Como todo remédio, o conhecido Viagra também possui contraindicações e efeitos colaterais. No Brasil, é possível comprar o medicamento sem prescrição médica e segundo a ANVISA, O Viagra está entre os remédios que são mais falsificados aqui no país.

O Viagra ou sildenafila, é um medicamento para homens que possuem problemas com a disfunção erétil, dificuldades de manter a ereção e realizar uma relação satisfatória.

Como o Viagra funciona?

Para resolver o problema da ereção, o Viagra possui componentes que agem aumentando o fluxo sanguíneo para chegar até o pênis. Nesse composto também existem componentes que tratam e combatem a hipertensão pulmonar.

O medicamento faz efeito depois de 30 a 60 minutos, por isso deve ser tomado pelo menos uma hora antes da relação sexual. Os comprimidos possuem 50mg, porém a dose pode ser aumentada até 100mg e deve ser tomada apenas 1 vez ao dia.

Tomar o medicamento não garante o sucesso, o estimulo sexual deve acontecer para que o remédio realmente faça efeito e a ereção irá desaparecer ao fim da relação sexual.

Perigos do uso do Viagra

Contraindicações do Viagra

O uso do medicamento deve ser feito apenas por homens maiores de 18 anos que realmente possuem problemas com a impotência sexual, que não conseguem mantar a ereção.

O Viagra deve ser evitado por homens que tenham dores no peito, falta de ar ou que se sintam cansados em realizar exercícios leves, como por exemplo, cansaço ao subir escadas. Outras pessoas que devem evitar o uso do medicamento são:

  • Pacientes que tenham tio derrame
  • Homens com pressão baixa
  • Homens com doenças graves no fígado ou no coração
  • Homens com doenças retinite pigmentosa
  • Pacientes que tomam remédios com óxido nítrico, nitritos orgânicos e nitratos orgânicos.

É indicado que qualquer homem que for tomar o Viagra, passe por uma consulta médica para que seja avaliado o estado de saúde.

Os homens podem sentir ao tomar o Viagra efeitos colaterais como náuseas, dores de cabeça, ondas de tontura e calor.

Perigos do uso do Viagra

É perigoso tomar Viagra?

Tomar o Viagra pode ser perigoso em alguns casos como quando o paciente faz tratamentos com o uso de nitratos, que são prescritos para dor no tórax, por exemplo. A combinação desses medicamentos pode acabar causando uma queda brusca da pressão arterial.

O composto também pode ser perigoso para quem utiliza medicamentos para hipertensão pulmonar, com compostos que possuem nitrito de amilo.

A cada mil pacientes, o Viagra pode causar efeitos colaterais grave em 1 paciente. Por isso é recomendada a orientação médica para o seu uso e recomenda-se que se dirija ao hospital em casos de efeitos colaterais como:

  • Dores no peito
  • Ereções prolongadas, com mais de quatro horas de duração e dolorosas
  • Perda de visão repentina
  • Reações cutâneas graves, acompanhadas de descamação da pele, febre, bolhas e inchaço.
  • No caso de alergias e convulsões.

Bom, agora você já sabe como o Viagra funciona no seu corpo, quem pode ou não o consumir, suas contraindicações, seus efeitos colaterais e quando é necessário se dirigir ao pronto socorro.

Leave a comment

Your email address will not be published.