O Governo do Rio Grande do Norte espera receber até o final do mês deste mês os R$ 80 milhões prometidos pelo Governo Federal para aplicação em melhorias no sistema de segurança pública do Estado. De acordo com o titular da Segurança e Defesa Social (Sesed), coronel Francisco Araújo, o RN está aguardando apenas o desfecho de processos burocráticos para enviar a documentação à União, que deverá fazer o repasse na sequência.

“Todos as licitações foram desencadeadas, inclusive com alguns equipamentos já entregues, e o Governo Federal está comprometido em, ainda esse mês, fazer o repasse. Houve uma alteração na sistemática de repasse desses valores. Antes se creditava o dinheiro na conta do Estado, mas agora, só depois que é feita toda tramitação do processo e que os bens são entregues é que o Governo Federal faz a quitação do valor mediante apresentação de documentos comprobatórios”, disse em entrevista à rádio 96FM.

O anúncio do repasse para a Segurança foi feito ainda em janeiro, no início das gestões de Fátima Bezerra no RN e de Jair Bolsonaro na Presidência da República. À época, o Estado anunciou que investiria R$ 29,9 milhões na Polícia Militar; R$ 21,7 milhões no Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER); e R$ 12,2 milhões na Polícia Civil. Também seriam agraciados o Corpo de Bombeiros, com R$ 6,1 milhões; e o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), com R$ 5 milhões.

O restante do valor seria destinado ao Centro de Inteligência da Secretaria Estadual de Segurança Pública (R$ 2,8 milhões) e ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, o Ciosp, com R$ 1,9 milhão. A sobra de R$ 297 mil seria utilizada na capacitação de PM para o programa Polícia de Proximidade. Para receber o montante da União, o Estado deve comprovar a destinação de toda a verba, o que deverá ser feito ainda dentro deste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui