Muita festa, presença de grandes ex-jogadores do Santos, marcaram o amistoso comemorativo pelos 100 anos de de Vila Belmiro. Na tarde desse sábado, o time santista reforçado pelo lateral-esquerdo Léo e do meio-campo Giovanni, ficou no empate com o Benfica, pelo placar de 1 a 1, no Estádio da Vila mais famosa do Brasil.

Apesar de Léo ter se aposentado em abril de 2014 e Giovanni em julho de 2010, os jogadores aproveitaram para se despedir da torcida da baixada santista nessa partida festiva. O lateral, que tem história pelo time brasileiro e pelo português, jogou alguns minutos para cada lado. O técnico Dorival Júnior, também aproveitou o jogo para testar todos os jogadores de seu elenco e por conta disso, aconteceram diversas alterações.

O JOGO
Apesar de ser apenas um amistoso, a primeira etapa foi marcada por muito equilíbrio e um principio de confusão, quando Cervi fez uma falta dura no veterano Renato aos 25 minutos. Mesmo iniciando a partida com força máxima, o Santos não conseguiu tirar o zero do placar. Copete, que furou cara a cara com o goleiro Ederson, e o zagueiro Fabián Noguera, após cobrança de escanteio, perderam as melhores oportunidades.

Pensando na sequencia do Brasileirão, Dorival Júnior cumpriu o prometido durante a semana e fez muitas substituições. Antes dos 30 minutos, o treinador mudou o time oito vezes. Já o líder do Campeonato Português entrou em campo com 15 desfalques, dentre eles o atacante Jonas o goleiro Julio Cesar, e sentiu a falta de entrosamento.

Na volta para o segundo tempo, Lucas Veríssimo cometeu pênalti em José Gomes. Salvio, um dos poucos titulares absolutos do time português, cobrou no meio do gol e abriu o placar. Completamente modificado, o Santos ainda marcou duas com Rodrigão, mas o atacante estava impedido em ambas oportunidades.

Aos 39 minutos, o jovem goleiro João Paulo ainda evitou o segundo do Benfica ao defender um pênalti de José Gomes. E quando o jogo parecia caminhar para uma vitória dos visitantes, o estreante Fabián Noguera aproveitou uma falha grotesca do goleiro Ederson para igualar o marcador.

Com o resultado de 1 a 1, o Santos mantém a invencibilidade contra o Benfica. Em oito oportunidades, que as equipes se enfrentaram, foram seis vitórias da equipe brasileira e dois empates. Mesmo com um histórico relativamente grande, foi a primeira vez que o confronto foi realizado na casa santista. Fonte: Agência Futebol Interior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui