Os deputados da oposição venezuelana reelegeram Juan Guaidó como líder da Assembleia Nacional, em uma sessão fora da sede da instituição.

Essa votação no exterior ocorreu porque Guaidó foi impedido, pelas forças do governo venezuelano, de entrar nas instalações.

Enquanto Guidó era impedido de entrar, Luís Parra, deputado do PSUV, fazia o juramento como novo líder da Assembleia Nacional.

Os aliados de Guaidó falam em “golpe parlamentar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui