De virada, Botafogo vence Audax Italiano e volta ao Rio com vantagem na Sul-Americana

38

O Glorioso estreou bem na Copa Sul-Americana. De virada e fora de casa, venceu o Audax Italiano, no Chile, por 2 a 1. O time da casa saiu na frente com gol do brasileiro Sérgio Santos – o melhor do Audax -, no fim do primeiro tempo. O Botafogo não fez uma boa primeira etapa e tinha dificuldades para encontrar espaços.

Na segunda metade do jogo, Brenner conseguiu o empate aos 27, após jogada pelo alto. Quando a partida caminhava para o fim, já nos acréscimos, Pimpão, que havia acabado de entrar, aproveitou cruzamento de Gilson e virou o jogo, fechando o placar: 2 a 1 para o Fogão!

O duelo de volta já tem data marcada. Será no dia 9 de maio, no Nilton Santos, às 21h45 (de Brasília). Já que venceu no Chile, o Botafogo pode até empatar que se classifica para a próxima fase da Sul-Americana. O Glorioso pode, também, perder por 1 a 0, já que o gol fora de casa é critério de desempate. O Audax precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar. Uma vitória por 2 a 1 dos chilenos leva o duelo para os pênaltis. Veja a tabela completa do torneio. 

Um dos destaques do confronto entre Audax e Botafogo era a presença de Loco Abreu na equipe chilena. O uruguaio ídolo do Botafogo, porém, estava no banco de reservas. No segundo tempo ele entrou. Sérgio Santos sentiu, e Loco teve a chance de atuar contra o clube que defendeu com tanto amor na carreira. Como sempre, brigou muito pelo alto. Fez algumas faltas de ataque, conseguiu um ou outro cabeceio, mas não levou muito perigo a Gatito.

Rodrigo Pimpão começou o jogo no banco, mas, quando teve a chance, provou que tem estrela. Foi acionado por Alberto Valentim para entrar em campo aos 37 minutos do segundo tempo. Teve, portanto, 10 minutos para mostrar serviço. Logo no primeiro lance, cometeu uma falta desncessária no campo de defesa e levou amarelo. No ataque, onde ele se dá bem, foi o responsável pelo gol da virada. Já aos 45 minutos, se deslocou bem na área e aproveitou o bom passe de Gilson para marcar o gol da vitória. “O que importa é estar sempre preparado para ajudar o Botafogo”, disse, após o apito final, em entrevista à Fox Sports.