Concurso Polícia Federal: AUTORIZADO para agente, escrivão delegado e perito!

0
519

O concurso público para a Polícia Federal (PF) está na lista de prioridades do diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia, e do Luís Antônio Boudens. Segundo informou a assessoria na quarta-feira, dia 10, serão ofertadas pouco mais de 600 oportunidades. O pedido inicial, se atendido na íntegra, solicitaria 1.758 oportunidades.

Além disso, as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2018 prevê arrecadação com inscrições para a realização do novo concurso público (veja abaixo).

Em entrevista coletiva, Segóvia reconheceu a carência de delegados na PF e revelou que há investigações paradas na Operação Lava Jato por falta de pessoal.

“Foi detectado que uma falta de contingente da PF tem deixado uma velocidade de produção um pouco menor do que talvez fosse o necessário”, admitiu o novo diretor-geral, informando que pretende ampliar o quadro de pessoal da Polícia Federal.

Requisitos e remunerações do concurso Polícia Federal (PF)

Os cargos de agente e escrivão admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses são de  quase R$ 12 mil (também com o auxílio). Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.

Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 22 mil no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here