Ex-Santos, Ricardo Oliveira marca e Cuca completa 4 jogos sem vencer

0
29
© Bruno Cantini / Atlético

Na sua quarta partida nesta segunda passagem no comando do Santos, o técnico Cuca não conseguiu fazer a equipe acabar com o jejum de vitória. A equipe paulista perdeu por 3 a 1 do Atlético-MG, na manhã deste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O Santos chegou a sua oitava partida oficial sem vencer (cinco empates e três derrotas). Se contados os dois amistosos disputados no México durante a Copa do Mundo (um empate e uma derrota), o time não vence há dez apresentações. A última vitória foi do Santos foi no dia 13 de junho, quando derrotou o Fluminense, por 1 a 0, no Maracanã.

Com o resultado, os santistas permanece com 18 pontos. O time paulista corre o risco de voltar à zona de rebaixamento ao final desta 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube voltará a figurar entre os quatro piores caso a Chapecoense derrote o Corinthians nesta tarde.

O Atlético-MG se recuperou da derrota em casa, na última rodada, quando perdeu para o Internacional. A equipe mineira assume provisoriamente um lugar no G-4, com 30 pontos.

No retorno de Cuca ao estádio Independência, onde comandou os atleticanos na conquista da Libertadores de 2013, o seu ex-clube mostrou competência ofensiva e abriu o placar com o volante Elias logo aos 8min.

O Santos procurou agredir e arrancou o empate graças ao talento do garoto Rodrygo, que fez fila na defesa atleticana, e no oportunismo de Gabriel Barbosa, aos 27min, que voltou a ser titular e marcou o gol de empate.

A torcida santista sentiu um gosto amargo na etapa final e lamentou a falta de um centroavante. Ricardo Oliveira, 26min, que defendeu a equipe da Baixada entre 2015 e 2017, mostrou faro de artilheiro e marcou pela primeira vez contra o seu ex-clube.

Para fazer a festa atleticana, Ricardo Oliveira recebeu cara a cara com o goleiro Vanderlei e fechou o placar com um toque sutil, aos 49min.

ATLÉTICO-MG

Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias (Mateus Galdezani – 44’2ºT); Nathan (Luan – 15’2ºT), Tomás Andrade (Cazares – Intervalo), Yimmi Chará; Ricardo Oliveira.

T.: Thiago Larghi.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto – 31’2ºT), Diego Pituca e Jean Mota (Léo Cittadini – 16’2ºT); Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete – 17’2ºT).

T.: Cuca.

Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Público/Renda: 22.062 pagantes/R$ 369.140,00.

Cartões amarelos: Elias, Maidana (CAM)

GOLS: Elias (CAM), aos 7min do primeiro tempo, Gabigol (SAN), aos 26min do primeiro tempo, Ricardo Oliveira (SAN), aos 25min do segundo tempo e Ricardo Oliveira (CAM), aos 49min do segundo tempo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here