Lula diz confiar em instâncias superiores: ‘Deixem o povo me julgar’

0
161
© Ricardo Moraes / Reuters

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta terça-feira (6), que aqueles que insistem em inviabilizar seu nome na disputa eleitoral temem que ele ganhe já no primeiro turno. Em entrevista à rádio Metrópole, de Salvador (BA), o ex-presidente ressaltou que seus opositores não conseguiram construir um candidato com credibilidade para disputar contra ele.

“Eles estão em uma situação complicada. Não conseguem achar um candidato que tenha credibilidade. O que deixa eles preocupados, irados, é que só tem uma unanimidade agora: estão todos tentando evitar que eu seja candidato. E por uma razão: se eu for candidato, posso ganhar no primeiro turno”, avaliou.

Para o ex-presidente, sua candidatura cresce à medida que representa a capacidade de reconstrução do país. “Não conseguiram construir uma candidatura porque eles não têm o que falar para o povo brasileiro. Só falam em corte, corte, corte, e sempre em prejuízo dos pobres”, destacou Lula. “Eles sabem que, neste momento, eu sou uma das poucas pessoas que podem consertar esse país.”

O ex-presidente afirmou que confia que sua condenação será revertida em instâncias superiores. “Tanto eu acredito que estou recorrendo”, disse, ao afirmar que espera ser inocentado até o “dia do registro da candidatura.”

Lula também comentou a votação do pedido de habeas corpus preventivo que corre no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O recurso da defesa será analisado hoje pelo tribunal. “Se dependesse daquela votação no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), eu não teria porque acreditar na Justiça. Aquilo pareceu uma encenação, pareceu que nenhum dos juízes leu o processo. Espero que as pessoas que vão me julgar hoje no STJ leiam o processo, leiam as acusações e a defesa, e permitam que o povo possa me julgar em outubro”, ponderou. Por Notícias ao Minuto

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here