“Onde Nascem os Fortes” perde audiência ao longo da primeira semana; Globo intensifica chamadas

147

A exibição na segunda linha de shows – após “Mister Brau”, “Carcereiros” e “Globo Repórter” – derrubou a supersérie “Onde Nascem os Fortes” logo na semana da estreia. De segunda-feira (23), quando exibida após “O Outro Lado do Paraíso”, para terça-feira (24), quinta-feira (26) e sexta-feira (27), a atração perdeu entre 10 e 11 pontos.

Os quatro primeiros capítulos da produção, escrita por George Moura e Sérgio Goldenberg, registraram 18 pontos de média – 23 na segunda, 15 na terça, 16 na quinta e novamente 15 na sexta. A média semanal é superior apenas à audiência de “O Rebu” (2014), também de George, com 17; e “Os Dias Eram Assim”, de Alessandra Poggi e Ângela Chaves, com 16.

Outras cinco produções da faixa, algumas exibidas somente na segunda linha de shows, conquistaram números mais expressivos. Encabeçando o ranking está “O Astro” (2011), com 25 pontos, seguida de “Gabriela” (2012), com 24 de média. Ainda, “Verdades Secretas” (2015) e “Liberdade, Liberdade” (2016), ambas com 21. E “Saramandaia” (2013), com 20.

Cabe lembrar que, ano passado, por conta da queda em seus primeiros capítulos, “Os Dias Eram Assim” sofreu alterações de horário, passando a entrar no ar logo após a novela das 21h não só às segundas, como também nas quintas. A Globo ainda não acena com esta mesma possibilidade para “Onde Nascem os Fortes”, mas já loteou a programação com chamadas da supersérie.