O prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata), anunciou nesta quarta-feira (02) que a prefeitura de Caicó, através da secretaria municipal de Educação, Cultura e Esportes vai se inscrever para implantar a escola militar no Município. Quinze estados e o Distrito Federal aderiram ao modelo de escolas Cívico-Militares do governo federal, de acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC).

O detalhe é que o modelo chegará, em 2020, a 54 escolas. O objetivo é selecionar duas instituições de ensino em cada estado. Entre os dias 4 e 11 de outubro, as prefeituras deverão solicitar participação. Podem solicitar a participação, inclusive os municípios em estados que não aderiram ao programa.

O MEC vai liberar R$ 54 milhões para o programa em 2020, sendo R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal em algumas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar e reformas, entre outras intervenções. A duração mínima do serviço é de dois anos, prorrogável por até dez anos, podendo ser cancelado a qualquer tempo.

“Vamos tentar inscrever pelo menos duas escolas da Rede Municipal de Caicó no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares. Será realizada uma consulta a comunidade escolar para verificar o interesse na participação do Programa proposto pelo MEC e torcer para que Caicó seja contemplado”, disse a Secretária Municipal de Educação, Cultura e Esportes, Lucineide de Araújo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here