Sub-17 comemora conquista do Sul-Americano do Chile

67

O portal Globoesporte.com publicou, nesta segunda-feira (20), uma reportagem que mostra a exaltação do talento brasileiro por adversários do Sul-Americano Sub-17. A competição foi vencida, neste domingo (19), pela Seleção Brasileira, com vitória por 5 a 0 sobre o Chile (clique aqui para ler a matéria completa).

Ao GE.com, o técnico da Seleção Colombiana Sub-17, Carlos Restrepo, falou sobre a renovação representada por jogadores como Vinicius Junior, Alan, Lincoln e Paulinho.

– São espetaculares. A melhor seleção que vi em muito tempo. Realmente me lembra time de 1970, de 1982. É uma geração maravilhosa, de grandes jogadores, muito talentosos. Carlos Amadeu comanda um time que me parece que vai renovar a seleção brasileira no futuro – afirmou Restrepo, que ficou em quarto lugar e também se classificou para a Copa do Mundo Sub-17, na Índia, em outubro deste ano.

Em nove partidas, o Brasil chegou a sete vitórias e dois empates, com 24 gols marcados e três sofridos. Os números impressionam, mas os elogios dos rivais não apontam, diretamente, para o resultado estatístico. Treinador do Chile, o argentino naturalizado chileno Hernán Caputto valorizou a superioridade técnica, tática e física dos garotos brasileiros.

– O Brasil tem uma geração extraordinária. Tiveram dois treinadores magníficos, que são o Carlos Amadeu e o Guilherme Dalla Dea. Não me resta a menor dúvida de que boa parte deste grupo vai chegar ao sub-20. Tem Vinicius, Lincoln, os laterais. A verdade é que é uma equipe muito completa. Tiveram a sorte também de manter o time em toda a competição, o que é muito bom para um time. Estamos competindo num Sul-Americano, mas isso não tira a realidade: o Brasil é uma potência mundial – afirmou Caputto, vice-campeão do Sul-Americano, ao Globoesporte.com.

Créditos da foto: Gregorio Fernandes/CBF