Estudantes potiguares podem concorrer às bolsas integrais até dia 3 de maio de 2019

O processo seletivo para 2020 na Escola Sesc de Ensino Médio (Esem), no Rio de Janeiro (RJ), está aberto até dia 3 de maio de 2019. Os dois estudantes potiguares selecionados terão bolsas integrais durante os três anos na escola – considerada uma das melhores do país. As inscrições podem ser feitas por meio do site www.escolasesc.com.br.

O processo seletivo será conduzido pelo Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), que também promove um encontro entre os (as) futuros estudantes, seus familiares e gestores da instituição para sanar dúvidas dos (as) responsáveis pelos (as) alunos (as) e desejar boa sorte nas novas jornadas.

A Esem é uma escola referência no Brasil. As turmas têm no máximo 15 alunos e recebem todo o suporte acadêmico, com sólida formação em inglês, espanhol, tecnologia, atividades artísticas, culturais e esportivas, além de intercâmbio com escolas norte-americanas. Desde 2008, 44 alunos (as) potiguares já ingressaram nessa instituição de ensino.

Sobre o processo seletivo

São ofertadas 82 vagas para todo o país em regime residencial. Para participar da seleção, é preciso ter finalizado o Ensino Fundamental ou estar cursando o 9º ano – e ter nascido entre 1º de janeiro de 2004 e 31 de dezembro de 2006. A previsão é de que os selecionados ingressem na Esem ainda no primeiro semestre de 2020.

O processo de admissão é formado por quatro fases. A 1ª fase consiste numa prova objetiva; a 2ª fase, quando são levados em consideração os critérios preferenciais definidos em edital; a 3ª fase, na qual são somados os pontos obtidos na 1ª e 2ª fases e corrigida a redação; e a 4ª e última fase, na qual os finalistas são convocados para entrevista. O resultado será divulgado no dia 22 de novembro de 2019 na página da Esem.

Sobre a Esem

A Escola Sesc de Ensino Médio – projeto pioneiro na área de educação, é também uma escola-residência inteiramente gratuita, que atende alunos de todo o país. Inaugurada em 19 de fevereiro de 2008 com 176 alunos, hoje a unidade opera com capacidade plena: são 500 estudantes nas três séries do Ensino Médio, que moram (Até 2019) nas vilas residenciais junto com professores e gestores. E, a novidade é que a partir de 2020, a escola também receberá alunos não-residentes, que residam no Rio de Janeiro.

As turmas têm no máximo 15 estudantes com idades entre 13 e 18 anos. O Projeto Pedagógico se baseia na formação da cidadania e na articulação da área acadêmica e da educação profissional. O regime de horário integral possibilita a oferta de atividades educativas em salas de aula e extraclasse, em diversos espaços externos e internos, tais como: centro de liderança, teatro, laboratórios, oficinas, salas de artes, música e dança, biblioteca e complexo esportivo.

O projeto arquitetônico é assinado pelo arquiteto Índio da Costa, que se desdobra num campus horizontal, facilitando a integração da comunidade escolar e a multidisciplinaridade. O complexo arquitetônico tem 59 mil metros de área construída.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here