Vasco tenta conter crise em clássico com Flamengo

0
112

A conturbada semana do Vasco se encerra neste sábado (15) com um desafio dos grandes: clássico com o Flamengo.

A equipe cruzmaltina encara seu maior rival a partir das 19h, no Mané Garrincha, em Brasília, sob a crescente ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro -é a 17ª colocada, com 24 pontos, um a menos que o primeiro time fora da zona de descenso, a Chapecoense; tem ainda um jogo a menos em relação aos rivais.

Na última segunda (10), um dia após a derrota para Vitória por 1 a 0, em Salvador, a delegação vascaína precisou utilizar uma saída alternativa no desembarque no Rio. Ainda assim, não evitou protestos. Torcedores organizados picharam a sede do clube, em São Januário, com mensagens contra o presidente Alexandre Campello e arremessaram ovos na fachada do prédio. Na terça (11), as manifestações continuaram.

Torcedores foram ao CT do Almirante, em Vargem Pequena, na zona oeste do Rio, cobrar jogadores na saída do treinamento. Um dos ameaçados, conforme vídeo que circula na internet, o zagueiro Luiz Gustavo ouviu que a torcida iria quebrar tudo em caso de derrota no clássico.

Já na quarta (12), elenco e comissão técnica vascaínas receberam cerca de 50 torcedores organizados para uma reunião no mesmo centro de treinamento. Em tom mais ameno, o grupo expôs a insatisfação com a má fase do time, que garantiu empenho para se recuperar no Brasileiro.

“O encontro foi muito positivo, porque vieram para nos apoiar, para fazer com que nós tenhamos a certeza de que eles estarão do nosso lado”, disse o técnico Alberto Valentim, que ainda não venceu no comando da equipe, com quatro derrotas.

Os flamenguistas, por sua vez, evitam tratar da crise vascaína. O zagueiro e capitão Revér ponderou que o Flamengo tem seus próprios problemas e precisa provar que se mantém na briga pelo título brasileiro -é o quarto colocado, com 44 pontos, cinco a menos que os líderes Internacional e São Paulo.

“Não temos nada a ver com eles. Cada time tem a sua preocupação. Vamos em busca da vitória. Só que clássico não tem favorito e pode ser um divisor de águas. Muitos já dizem que não brigamos por títulos, acho que as pessoas estão confusas sobre isso. Trabalhamos para melhorar e evoluir”, disse.

Sem desfalques, o Flamengo deverá ir a campo com os mesmos titulares do empate sem gols com o Corinthians na última quarta, pela ida das semifinais da Copa do Brasil. Já o Vasco terá de lidar com as ausências de Yago Pikachu, suspenso, e Wagner, que conseguiu rescisão na Justiça por atrasos em seus vencimentos.

Valentim não confirmou quem serão os substitutos. O técnico do Vasco fechou o treinamento desta sexta (14), no estádio Bezerrão, também na capital federal. Um grupo de torcedores que aguardava a possibilidade de acompanhar a preparação do time acabou protestando do lado de fora.

VASCO

Martín Silva; Lenon, Werley, Leandro Castán e Ramon; Raul, Andrey, Willian Maranhão, Thiago Galhardo; Andrés Rios e Maxi López. T.: Alberto Valentim

FLAMENGO

Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro, Vitinho e Fernando Uribe. T.: Maurício Barbieri

Estádio: Mané Garrinha, em Brasília (DF)

Horário: 19h deste sábado

Juiz: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here